quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Mythbuster: Encaixe do braço X Sustain


Tenho percebido que muitos músicos chegam no meu ateliê com uma "certeza", a de que o braço inteiriço ou through body neck, dá mais sustain do que o braço parafusado. Outros dizem, que o braço colado é o melhor de todos, dando inclusive como exemplo, as guitarras Gibson e a maioria dos violões!
De qualquer forma, existem muitos fatores envolvidos para que um instrumento tenha mais ou menos sustain: tipos de madeira, densidade, partes metálicas, formato, o Luthier que construiu e etc. Seria leviano acreditar que apenas o encaixe, seria o único responsável pelo sustain, até porque, o instrumento vibra como um todo.

Fazendo minhas pesquisas para colocar mais informações no blog, encontrei uma matéria justamente sobre este assunto, e que acredito, deixar nítido tais diferenças. Como não tenho permissão para publicar a matéria na íntegra, irei direto ao ponto.
Segundo o luthier R.M. Mottola, o sistema de encaixe que dá maior nível de sustain é o de braço parafusado com espaçador, em segundo lugar, ficou o braço parafusado sem espaçador, em terceiro, o braço colado, e em quarto lugar... imagine, o through body neck.

Este experimento foi feito com análise espectrográfica e mediu as duas cordas Mi, demostrando em gráficos explicativos os valores de sustain em segundos, bem como, a descrição detalhada de todo o experimento. Ainda assim, ele sugere que este estudo é muito mais profundo do que apenas os diferentes tipos de construção e encaixes de braço, sendo um vasto campo para estudos adicionais.